BELVIQ 10MG 60''S

CÓDIGO DO PRODUTO: 117149 | Marca: EUROFARMA

BELVIQ 10MG 60''S

CÓDIGO DO PRODUTO: 117149 / Marca: EUROFARMA
ERRADO
CERTO
De: R$ 446,92 Por: R$ 336,89 6X de R$ 56,15 s/juros Economize 24%
    Belviq, para o que é indicado e para o que serve? Belviq é um medicamento de prescrição que pode ajudar alguns adultos obesos ou adultos com sobrepeso que também têm problemas médicos relacionados ao peso, a perderem peso e manter o peso baixo. Belviq deve ser usado associado a uma dieta de redução de caloria e atividade física aumentada. Como o Belviq funciona? Acredita-se que a lorcasserina diminua o consumo de alimentos e promova a saciedade ativando seletivamente alguns receptores no sistema nervoso central. O mecanismo de ação exato não é conhecido. Quais as contraindicações do Belviq? Não tome Belviq se você: Está grávida ou planejando engravidar. Belviq pode prejudicar seu bebê não nascido; Este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas ou que possam* ficar grávidas durante o tratamento. *Significa mulheres que estejam planejando engravidar durante o tratamento. Como usar o Belviq? Tome Belviq exatamente como seu médico disser para você tomá-lo. Seu médico dirá a você quanto de Belviq você deve tomar e quando tomá-lo. Tomar 1 comprimido 2 vezes ao dia. Não aumente sua dose de Belviq. Belviq pode ser tomado com ou sem alimento. Seu médico deve iniciar você em uma dieta e programa de exercícios quando você começar a tomar Belviq. Mantenha-se neste programa enquanto você estiver tomando Belviq. Seu médico pode dizer a você para parar de tomar Belviq se você não perder certa quantidade de peso dentro das primeiras 12 semanas do tratamento. Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Este medicamento não deve ser partido ou mastigado. O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Belviq? Se você esquecer-se de tomar sua dose espere pela próxima dose programada. Não duplique sua dose para compensar a dose esquecida. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista. Quais cuidados devo ter ao usar o Belviq? Antes de tomar Belviq, diga a seu médico se você: Tem ou teve problemas no coração incluindo: Insuficiência cardíaca congestiva; Problemas nas valvas do coração; Batimento cardíaco lento ou bloqueio do coração; Tem diabetes; Tem uma condição tal como anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia; Tem um pênis deformado, doença de Peyronie, ou já teve uma ereção que durou mais de 4 horas; Tem problemas nos rins; Tem problemas no fígado; Está grávida ou planeja engravidar; Está amamentando ou planeja amamentar. Não se sabe se Belviq passa para seu leite. Você e seu médico devem decidir se você tomará Belviq ou amamentará. Você não deve fazer ambos. Diga a seu médico sobre todos os medicamentos que você toma, incluindo medicamento com e sem prescrição, vitaminas e fitoterápicos. Belviq pode afetar o modo como outros medicamentos funcionam, e outros medicamentos podem afetar o modo como Belviq funciona. Durante tratamento de longo prazo (mais de 1 ano) com Belviq, houve alguma recuperação de peso como é observado em todos os estudos de medicamentos para emagrecimento. No entanto, aqueles que continuaram tomando Belviq tiveram uma recuperação de peso menor do que aqueles que mudaram para placebo (comprimido sem lorcasserina). A maior parte do peso que é perdido no tratamento com Belviq é gordura, mas uma pequena parte da perda de peso é massa magra (que é perda de peso de partes do corpo que não é gordura, como por exemplo, massa muscular). Não dirija um carro ou opere maquinário até que você saiba como Belviq afeta você. Belviq pode tornar seu pensamento mais lento. Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Belviq? As reações adversas de Belviq incluem: Reações adversas muito comuns (ocorrem em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento) Dor de cabeça (dor ou desconforto na cabeça, couro cabeludo ou pescoço); Baixa quantidade de açúcar no sangue (em pacientes com diabetes mellitus tipo 2, condição em que um órgão chamado pâncreas não fabrica insulina (um hormônio que ajuda o corpo a usar o açúcar como energia) suficiente, ou o corpo não consegue usar a insulina corretamente; Infecção do trato respiratório superior (nariz, garganta e traqueia); Nasofaringite (resfriado comum); Dor musculoesquelética (dor no músculo e osso); Dor nas costas. Reações adversas comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento) Vômitos; Diarreia; Náusea (mal estar do estômago); Constipação (intestino preso); Boca seca (falta de saliva); Fadiga (sensação de cansaço); Infecção do trato urinário (infecção nos rins, uretra ou bexiga); Visão embaçada (incapacidade de enxergar os detalhes finos, perda de visão clara, nítida); Erupção cutânea (alteração na pele que afeta a sua cor, aparência ou textura); Tosse; Dor orofaríngea (dor de garganta); Congestão nasal (nariz entupido); Tontura (sensação de vertigem, desmaio ou instabilidade); Comprometimento cognitivo (diminuição do nível de consciência e raciocínio); Sonolência; Dor de dente; Edema periférico (inchaço das pernas); Gastroenterite (inflamação do estômago e intestinos); Agravamento da diabetes mellitus (em pacientes com diabetes tipo 2, condição em que um órgão chamado pâncreas não fabrica insulina (um hormônio que ajuda o corpo a usar o açúcar como energia) suficiente, ou o corpo não consegue usar a insulina corretamente; Espasmos musculares (torção dolorosa, repentina e forte do músculo); Depressão (sentimento de tristeza e perda de interesse); Ansiedade (medo, temor); Insônia (problema para dormir, falta de sono); Stress (cansaço físico e mental, preocupação); Alergia sazonal (reação, coceira, urticária, problemas para respirar associados com a época do ano); Hipertensão (pressão alta). Belviq também pode causar efeitos colaterais graves, incluindo: Aumento na prolactina. Belviq pode aumentar a quantidade de certo hormônio que seu corpo produz chamado prolactina. Diga a seu médico se seu seio começar a produzir leite ou uma secreção leitosa ou se você for um homem e sua mama começar a aumentar emtamanho. Batimento lento do coração. Belviq pode fazer seu coração bater mais devagar. Diga a seu médico se você tem uma história de batimento lento do coração ou bloqueio no coração. Alterações na sua atenção ou memória. Problemas mentais. Tomar Belviq em doses altas pode causar problemas psiquiátricos tais como: Alucinações; Sentir-se muito animado ou em muito bom humor (euforia); Sentir-se perto de si mesmo ou fora do seu corpo (disassociação). Depressão ou pensamentos de suicídio. Você deve prestar atenção a quaisquer alterações mentais, especialmente alterações súbitas em seu humor, comportamentos, pensamentos ou sentimentos. Chame seu médico imediatamente se você tiver quaisquer alterações mentais que sejam novas, piores, ou preocupem você. Diminuições nas suas contagens de células do sangue. Belviq pode causar diminuição nas contagens de suas células vermelhas e brancas do sangue. Seu médico pode fazer testes para verificar sua contagem de células do sangue enquanto você estiver tomandoBelviq. Reações do tipo Síndrome de Serotonina ou Síndrome Neuroléptica Maligna (SNM). Belviq e certos medicamentos para depressão, dor de cabeça, resfriado comum, ou outros problemas médicos podem afetar um ao outro causando efeitos colaterais graves ou ameaçadores à vida. Chame seu médico imediatamente se você começar a sentir qualquer um dos seguintes sintomas enquanto tomar Belviq: Alterações mentais tais como agitação, alucinações, confusão, ou outras alterações no estado mental; Problemas de coordenação, espasmos musculares incontrolados, ou contração muscular (reflexos super-reativos); Inquietação; Batimento cardíaco rápido, pressão arterial alta ou baixa - sudorese ou febre; Náusea, vômito, ou diarreia - rigidez muscular (músculos duros). Doença valvular cardíaca. Algumas pessoas tomando medicamentos como Belviq tiveram problemas com as válvulas do coração. Chame seu médico imediatamente se você sentir qualquer dos seguintes sintomas enquanto tomar Belviq: Dificuldade para respirar; Inchaço dos braços, pernas, tornozelos ou pés; Tontura, fadiga, ou fraqueza que não vai embora; Batimento cardíaco rápido ou irregular. Ereções dolorosas (priapismo). A substância ativa no Belviq pode causar ereções dolorosas que podem durar mais de 6 horas. Se você tiver uma ereção durando mais que 4 horas, dolorosa ou não, pare de usar Belviq e chame seu médico ou vá a um hospital imediatamente. Estes não são todos os efeitos colaterais possíveis de Belviq. Para mais informações, pergunte a seu médico ou farmacêutico. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento. Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista. Qual a composição do Belviq? Cada comprimido revestido contém: Cloridrato de lorcasserina hemi-hidratado 10,4 mg* Excipientes q.s.p. 1 comprimido revestido *Equivalente a 10 mg de de cloridrato de lorcasserina e 8,4 mg de lorcasserina base. Excipientes: celulose microcristalina, dióxido de silício coloidal, hidroxipropilcelulose, croscarmelose sódica, álcool polivinílico, polietileno glicol, dióxido de titânio, talco, índigo carmim alumínio laca e estearato de magnésio. Apresentação do Belviq Comprimidos revestidos 10 mg Embalagens de 10 e 60 comprimidos revestidos. Uso oral. Uso adulto. Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Belviq maior do que a recomendada? A superdose de Belviq pode aumentar o risco de reações adversas. Se você tomou acidentalmente uma quantidade maior do que a recomendada, consulte o seu médico imediatamente. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou a bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações. Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Belviq com outros remédios? Especialmente diga a seu médico se você toma medicamentos para depressão, enxaqueca ou outras condições médicas tais como: Triptanos, usados para tratar enxaqueca; Medicamentos usados para tratar humor, ansiedade, transtornos psicóticos ou de pensamento, incluindo tricíclicos, lítio, inibidores seletivos de recaptação de serotonina (SSRIs), inibidores seletivos de recaptação de serotonina-norepinefrina (SNRIs), inibidores da monoamina oxidase (IMAOs), ou antipsicóticos; Cabergolina; Linezolida, um antibiótico; Tramadol; Dextrometorfano, um medicamento sem prescrição usado para tratar resfriado comum ou tosse; Suplementos sem prescrição tais como triptofano ou Erva de São João; Medicamentos para tratar disfunção erétil. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde. Qual a ação da substância do Belviq (Cloridrato de Lorcasserina Hemihidratada)? A Cloridrato de Lorcaserina Hemihidratada (substância ativa) é uma molécula pequena com agonismo seletivo sobre o receptor serotoninérgico 5-HT2c. Essa substância possui seletividade funcional da ordem de 15 e 100 vezes mais pelo receptor 5-HT2c que pelos receptores 5-HT2a e 5-HT2b, respectivamente. O aumento da atividade serotoninérgica no sistema nervoso central (SNC) por meio do estímulo do receptor 5-HT2c modula o balanço calórico por intermédio da ativação da via do sistema POMC (Pró opiomelanocortina), promovendo o aumento do catabolismo pelos efetores desegunda ordem, tais como TRH, CRH, MC4R, entre outros. Em humanos, alguns estudos sugerem que o agonismo do receptor 5-HT2c pode aumentar a taxa metabólica basal e a termogênese, enquanto outros não corroboram esse achado. Embora o mecanismo de ação exato seja desconhecido, acredita-se que envolva a ativação seletiva de receptores 5-HT2C nos neuronios anorexigenos da POMC (pró-opiomelanocortina) no núcleo arqueado do hipotálamo. Isto resulta na diminuição da ingestão alimentar e na promoção da saciedade, pela liberação do hormonio estimulante de alfa melanocitos que atua sobre os receptores de melanocortina 4 (MC4R). A Cloridrato de Lorcaserina Hemihidratada (substância ativa) é absorvida a partir do trato gastrointestinal com pico de concentração plasmática ocorrendo 1,5 - 2 horas após a administração oral. E tem uma meia vida plasmática de aproximadamente 11 horas. O estado estacionário ou platô de concentração é atingido dentro de 3 dias após administração da dose usual (10mg) duas vezes ao dia, com ligação às proteínas plasmáticas de aproximadamente 70%. Cloridrato de Lorcaserina Hemihidratada (substância ativa) tem metabolismo hepático extensivo produzindo compostos inativos. Os metabólitos são eliminados principalmente pela urina (92,3%) e alguns pelas fezes (2,2%). O sulfamato de lorcaserina (M1) é o principal metabolito que circula no plasma e o N-carbamoil glucuronido Cloridrato de Lorcaserina Hemihidratada (substância ativa) (M5) é o principal metabolito na urina. Outros metabolitos menores, que são ambos excretados na urina, são os conjugados de glucuronido ou sulfato. O volume dedistribuição não foi determinado, mas a Cloridrato de Lorcaserina Hemihidratada (substância ativa) é transportada ao sistema nervoso central e ao líquido cefalorraquidiano em seres humanos. Como devo armazenar o Belviq? Armazenar Belviq em temperatura ambiente entre 15°C e 30°C. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Características do medicamento Os comprimidos de Belviq 10 mg são fornecidos como comprimidos revestidos, azuis, redondos, biconvexos, gravados com “A” em um lado e “10” do outro lado. Os comprimidos não são sulcados. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. Dizeres Legais do Belviq MS- 1.7310.0006 Farmacêutico Responsável: Luiz Rogério M. Silva CRF?SP 22.132 Fabricado por: Belviqsiegfried Pharma Ag Untere Brühlstrasse 4, CH-4800, Zofingen, Suíça Registrado e Importado por: Eisai Laboratórios Ltda Av. Dr. Cardoso de Melo, 1644, São Paulo - SP CNPJ: 08.416.362/0001-70 Comercializado por: Eurofarma Laboratórios S.A. Av. Vereador José Diniz, 3.465 - São Paulo - SP CNPJ: 61.190.096/0001-92 Indústria Brasileira SAC: 0800-762-5381 Venda sob prescrição médica.

    Outras Informações

    Registro MS:

    Princípio ativo:

    Nome do Fabricante: EUROFARMA.

    ADVERTÊNCIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

    Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. Procure um médico e o farmacêutico. Leia a bula.

    Avaliação Cliente

    Avaliação
    Geral: --

    (29 avaliação(s))
    QUERO FAZER UMA AVALIAÇÃO
    perca de peso e melhora na qualidade de vida

    Este medicamento muito me auxiliou com minha eliminação de peso. Foram 6 Kg em 30 dias! Me deu muita saciedade , principalmente a noite, onde sentia maior apetite. Meu medico indicou e hoje, sou muit

    carlos franklyn de oliveira serpa | Alegrete - RS | 14/10/2019 00:00:00
    perca de peso e melhora na qualidade de vida

    Este medicamento muito me auxiliou com minha eliminação de peso. Foram 6 Kg em 30 dias! Me deu muita saciedade , principalmente a noite, onde sentia maior apetite. Meu medico indicou e hoje, sou muit

    carlos franklyn de oliveira serpa | Angical do Piauí - PI | 14/10/2019 00:00:00